OBJETIVO DO BLOG

Este blog tem por objetivo orientar os pais que possuem filhos entrando ou vivenciando a adolescência. De orientar também os professores que lidam com eles diariamente,para que possam compreender suas dificuldades e ajudá-los ainda mais, pois, esta é uma fase complicada na vida dos jovens e, muitos pais e professores não sabem como agir diante de certas atitudes desses jovens. Pais e professores encontrarão aqui informações de médicos, psicólogos e teóricos sobre a educação dos adolescentes.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

QUANDO ALGO INCOMODA...

Quando algo nos incomoda é sinal que está na hora de fazermos alguma coisa. E é o que estou fazendo da maneira que sei e que posso fazer, alertando sobre um assunto que parece ter virado moda nestes últimos tempos: o PRECONCEITO.

O termo “preconceito” tem origem no latim e é formado por duas outras palavras: PRÉ, cujo significado é “o que vem antes” e CONCEITO, que significa “um pensamento, um entendimento, ou compreensão” de algo. Quando se juntam passa a significar “uma ideia anterior a algum fato”.

Tornando isto mais claro, é o mesmo que acontece com uma criança que, mesmo sem ter experimentado uma comida, afirma detestá-la. Se a forçamos comer, ela grita, xinga, empurra o prato e, muitas vezes, o atira ao chão.


Existem várias formas de preconceito: contra as diferentes raças, religiões, as linguagens regionais, da cultura, das formas de viver em sociedade, de gênero (homens e mulheres), das opções sexuais, das diferenças econômicas, das tecnológicas, da aparência pessoal.


Ninguém nasce preconceituoso, mas aprende a ser ouvindo os julgamentos dos adultos (familiares, professores, líderes religiosos ou estranhos) no meio em que vive.  Muita gente não gosta quando a família é a causa de muitos problemas sociais e comportamentais. Tomemos como exemplo uma família fictícia, cujo pai sempre chama a esposa de “vagabunda” (termo que, por aqui, é o mais baixo e humilhante dito a uma mulher) e a trata como tal (preconceito de gênero). Os filhos (em desenvolvimento) assistem a essa cena diariamente e vão assimilando que as mulheres são assim e devem ser tratadas desse jeito E quando ficam adultos, agirão segundo o exemplo desse pai.

O que está acontecendo no mundo de hoje, é que as famílias estão esquecendo de ensinar valores para os filhos, como o respeito aos semelhantes e suas diferenças que existem (de ser, de pensar e de agir). Preocupam-se em fazer-lhes as vontades, em presentear com objetos caros, em dar-lhes uma vida melhor. Coisas que exigem dos pais mais sacrifícios e lhes falta tempo, disposição, ânimo e presença, o que é mais precioso para as crianças.



Toda pessoa preconceituosa se acha dono da verdade. Só ele sabe, pensa ou faz o que é certo sobre algo. E não admite que as outras pessoas pensem ou se comportem de modo diferente. Por não ter uma razão justa e por não conseguir justificar esses pensamentos os expressam por meio da ação verbal ou de comportamento.

A principal intensão do preconceituoso é diminuir o valor do seu desafeto. E para isso se vale de alguns recursos: a humilhação (pessoal ou pública) é o seu favorito. Agem com apelidos desmoralizantes, xingamentos, injúrias, difamação pública. Quando, apesar de todo seu empenho, estes recursos não surtem o efeito desejado, parte para recursos mais extremos: as agressões físicas, as armadilhas ou emboscadas e, finalmente, a morte do desafeto. O objetivo agora é “tirar do caminho”.


Todo preconceituoso é covarde. Ele não tem coragem de agir sozinho. Por isso, vivem em bandos que compartilham a mesma ideia. O líder é aquele atingiu um estágio mais avançado de crueldade. Ou se esconde na multidão, como no caso do goleiro que sofreu “preconceito de raça”. E, ultimamente, estão utilizando um outro meio: as redes sociais. O anonimato é o grande aliado do preconceituoso.


Concluindo, toda e qualquer opinião ou sentimento apressado e sem uma reflexão racional fazendo com que haja uma ação hostil contra alguma coisa ou alguém, é considerado “preconceito”. Agir preconceituosamente é CRIME.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

MEUS QUERIDOS

Fiquei muito feliz com sua visita a este espaço que também é seu. para que ele fique melhor e mais do seu agrado, deixe por favor, um comentario, um recadinho ou uma sugestão.
OBRIGADA